«

»

Apr 02

Dispositivos vestíveis crescem no mercado de Tecnologia

tecnologias_vestiveis Fonte da Foto: Rudebaguete

 Programado para ser lançado mundialmente no final de abril, o Apple Watch encabeça a lista recente de tecnologias vestíveis (ou wearables), itens que vêm ganhando cada vez mais espaço no mercado nos últimos anos. Os wearables são definidos como qualquer tipo de equipamento com função tecnológica que pode ser “vestido” como roupas e outros acessórios.

Projetados para se integrarem ao dia a dia dos usuários, esses dispositivos acabam se misturando com as peças do vestuário comum. Há pulseiras para monitorar resultados das atividades físicas e controlar o sono. Há relógios inteligentes que executam muitas funções de um smartphone. Há também diferentes óculos de realidade virtual projetados para aumentar a interação do usuário com elementos gráficos e digitais.

No mercado brasileiro, por exemplo, já é possível adquirir os óculos de Realidade Aumentada da Epson, o Moverio. O dispositivo tem um display binocular que usa projeção para sobrepor informações no mundo real. Com resolução é de 960 por 540 pixels, tem ainda uma câmera frontal, acelerômetro, giroscópio e bússola. Pode ser usado para melhorar a visualização de games ou com outros aplicativos de RA. Os óculos apresentam informações diretamente em suas lentes e permite o acesso de páginas da internet, além de vídeos no YouTube. O controle é feito pela cabeça e pelo trackpad tátil. A Epson define o dispositivo vestível como um par de óculos inteligentes binoculares e transparentes “que libertam o potencial da realidade aumentada e proporcionam uma experiência autônoma e única”.

 

moverio_epsonMoverio, da Epson: experiência de Realidade Aumentada com autonomia

Vestíveis também chegam ao trabalho

No fim de 2014, a Ipswitch, empresa líder em soluções para monitoramento de redes, servidores e aplicações, realizou uma pesquisa para avaliar como as organizações planejam adotar a tecnologia vestível e o quão preparadas para isso elas estão. O resultado causou espanto: um terço das empresas europeias planejam introduzir, ainda em 2015, algum tipo de tecnologia vestível no ambiente de trabalho. A ideia é que os dispositivos tornem-se conectados à infraestrutura corporativa de TI.

Recentemente, uma startup suíça lançou a “cadeira vestível“, para permitir ao usuário sentar e apoiar as costas com alguns toques em botões. O item foi criado para pessoas que são forçadas a ficar em pé durante horas demais por conta de sua função, como é o caso de profissionais de montadoras de automóveis.

cadeira_vestivelCadeira vestível apoia quem precisa passar muitas horas de pé em linhas de produção

 

O que está por vir

Confira a seguir alguns dos futuros lançamentos de wearables.

LG Watch Urbane: o relógio inteligente da LG tem processador Qualcomm de 1,2 GHz, Android Wear, tela de 1,3 polegada, 4 GB de memória para armazenamento e 512 MB de memória RAM. O item permite responder e verificar mensagens do WhatsApp diretamente do relógio, pedir direções, medir os batimentos cardíacos, a quantidade de passos dada e controlar a câmera do smartphone conectado a ele. Não há previsão de preço ou data de lançamento.

relogio_inteligente

 

Re Vive: o par de óculos de realidade virtual da fabricante Valve, que está nos estágios finais de desenvolvimento, terá duas telas de 1200 x 1080 com lentes HTC RE Vive, onde imagens fotorrealistas rodarão a 90 frames por segundo.

re_vive_chamada

 

Volvorii: um sapato inteligente que conta com uma tela flexível de e-Ink em sua parte externa. Integrado a um smartphone, permite escolher entre padrões que combinam as cores preta e branca, mostrados no display de papel eletrônico quando o produto está calçado. A produção em escala do item depende de financiamento coletivo, buscado por meio da plataforma Indiegogo.

volvorii_sapato_inteligente

  Para saber mais

  • A maior feira de Automação Comercial da América Latina, a Autocom, que acontece entres os dias 7 e 9 de abril, terá uma palestra sobre tecnologias vestíveis. O palestrante será Eudardo Valentin, vice-presidente de Marketing da Associação Brasileira de Automação Comercial (AFRAC) e gerente de Produtos da Epson do Brasil.
  • Confira o artigo de Alessandro Porro, vice-presidente de vendas da Ipswitch, sobre o impacto das tecnologias vestíveis no mercado.
  • Leia o conteúdo especial da TecMundo sobre Os verdadeiros dispositivos vestíveis que vão dominar o mercado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>